• Thais Almeida

UM DIA EM PORTO, PORTUGAL

Porto é uma cidade incrível, linda e charmosa. Cada ruazinha esconde milhares de segredos e cantinhos incríveis cheios de história, mas nem sempre temos tempo para visitar tudo… Infelizmente. 


Então se liga nesse roteiro de UM DIA na cidade do Porto. Você vai poder conhecer os principais pontos turísticos dessa cidade linda e cheia de encantos.





Nosso roteiro começa na Estação de Comboio de São Bento. Se você estiver vindo de metrô, seja do Aeroporto oude qualquer outro lugar da cidade, basta  pegar a linha de metrô E em direção ao centro da cidade e na estação Trindade troque para a linha D sentido Santo Ovídio e desça na estação São Bento. Se optar pegar  Comboio todos param na Estação São Bento que é uma estação terminal.




A própria Estação já é um super ponto turístico que respira História.  A  arquitetura do seu átrio principal e azulejos representam uma cena da história nacional e a vida tradicional campestre. Nos painéis de azulejos azuis tão tradicionais podemos encontrar a entrada triunfal de D. João I e o seu casamento com Dª Filipa da Lencastre no Porto em 1386 e a conquista de Ceuta em 1415. Seu prédio foi construído no local onde antes havia o Convento de S. Bento da Avé-Maria, que foi totalmente demolido para dar lugar a este novo edifício.


A estação de São Bento foi considerada pela revista Travel+Leisure como uma das "16 estações mais bonitas do mundo"


Saindo da Estação siga pela Rua dos Clérigos até Livraria Lello. Por conta de eu valor histórico essa livraria tem sido reconhecida como uma das mais belas do mundo pelo The Guardian e a Lonely Planet.


Atenção Potterheads! A Livraria Lello serviu de inspiração para J.K Rowling para criar alguns locais de Harry Potter.

Para conhecer a Livraria uma entrada de €5.00 é cobrada. E não é permitido entrar com bolsas e mochilas, então você deve deixar tudo num armário. Para usa-lo é cobrado mais €1.00

E pertinho da Livraria Lello encontra-se a Igreja do Carmo, que é a queridinha dos amantes de Fotografia (mas não a minha, particularmente...). A fachada lateral da Igreja do Carmo está revestida por um grandioso painel de azulejos, representando cenas alusivas à fundação da Ordem Carmelita e ao Monte Carmelo datados de 1912. É realmente uma Igreja belíssima, e seus painéis são incríveis. Mas, mais pra frente vou mostrar a minha favorita.






Após a Igreja do Carmo fomos  na  Igreja e Torre dos Clérigos.

Esta igreja barroca foi erguida no século XVIII e foi declarada monumento nacional em 1910. Está ligada a uma torre de 76 m de altura que era, no momento da sua construção, o edifício mais alto de Portugal. No primeiro andar, as paredes de granito chegam a ter até 2 metro de espessura. Realmente uma construção de saltar os olhos.

Cobra-se uma taxa de $5 para visitação e subida na Torre.


Agora faremos uma caminhada de aproximadamente 15 minutos que começa seguindo reto na Rua dos Clérigos em direção a Praça da Liberdade até o encontro da Rua de Sá da Bandeira. Siga sempre em frete, e ao passar pelo Mercado Bolhão (uma espécie de Mercadão Municipal muito popular na cidade; tradicional pelo comercio de frutas, verduras e peixes), vire a direita na Rua de Fernandes Tomás.


Ao final da primeira quadra, na rua Santa Catarina você encontrará a minha igreja queridinha: Capela das Almas de Santa Catarina.


Uma linda Capela  totalmente revestida por 15.947 azulejos que cobrem cerca de 360 metros quadrados de parede.

Esta capela, construída na primeira metade do século XVIII, é um edifício religioso de traços muito simples, mas de rara beleza artística. Seus azulejos externos foram colocados somente em 1929 representando episódios da vida de São Francisco de Assis e Santa Catarina, venerados na capela, Os enormes murais fazem da Capela um dos pontos mais fotografados da cidade do Porto. 😻


Aqui pode ser um ótimo lugar para fazer uma parada para o almoço. Na própria Rua Santa Catarina há vários restaurantes e cafés. A grande maioria tem opções de Menu Executivo com entrada, prato principal e uma taça de vinho da casa. Geralmente não decepcionam. E bem pertinho da Capela tem o Via Catarina Shopping com várias opções de fast-food e lanchinhos rápidos na praça de alimentação.


Essa é minha dica caso queira economizar no almoço, já que na região do Cais da Ribeira e no Cais de Gaia  os preços chegam a duplicar.

Agora que já vimos os principais pontos do centro do Porto é hora de seguir em direção as margens do Rio Douro, descendo pela Rua Santa Catarina até a Av. Dom Afonso Henrique. Antes de chegar na famosa Ponte D. Luís, um dos principais cartões postais do Porto, sugiro uma parada rápida para conhecer a Sé do Porto.  Sua entrada é gratuita, mas paga-se para visitar o seu Claustro. Além de ser linda por dentro possui uma vista incrível para o Rio Douro. Nesse ponto da viagem eu fiquei realmente emocionada ao ouvir o badalar dos sinos com aquela vista panorâmica; uma imagem que até então eu só via nos livros de historia.

Mas segura o coração e vamos continuar andando até a Ponte Dom Luis. Construída entre 1881 e 1888, liga Porto e Gaia. O Interessante dessa Ponte é que você pode atravessar a pé, de metrô ou de carro. Eu escolhi atravessar a pé mesmo, curtindo cada pedacinho da vista.


Chegando em Gaia o que não vai faltar é opção de caves de vinho DO PORTO. Sim, apesar do nome, os vinhos mais tradicionais são fabricados na cidade DE GAIA.

A partir do Cais, uma boa dica é apreciar a vista no Miradouro da Serra do Pilar, que possui a melhor vista para a Cidade do Porto e  da Ponte D. Luís. Outro ponto que tem um vista de tirar o fôlego é o Jardim do Morro.


Depois de descansar as pernas, tirar bastante foto e se maravilhar com as vistas é hora de voltar para o Porto atravessando novamente a Ponte D. Luís. Sugiro voltar pela parte debaixo, assim você já chega na região da Ribeira para fechar o dia e aproveitar para passear pela margem do Rio. A região possui muitos bares e restaurantes com vista para o Douro. Dali também podemos ver os Rabelos (embarcações que realizam o transporte do vinho do Porto)! Essa região por ser extremamente turística costuma ser um pouco mais cara.



O dia foi longo, então aproveite o fim da tarde para relaxar um pouco nessa região e apreciar a vibe daquele lugar. E a paisagem vai ficando ainda mais bonita conforme vai escurecendo e as luzinhas da Ponte e dos restaurantes vão tomando conta do lugar.


Me contem aqui nos comentários: qual parte do Porto vocês mais gostaram?

Vou deixar o mapa aqui com todos os pontos destacados. Siga nosso roteiro e nos marque nas suas fotos usando #MalasProntas 😚



Abraços!!


0 visualização

©2020 Fui por Aí
Orgulhosamente criado com Wix.com